terça-feira, 27 de março de 2018

CHEFE DE CIBERCRIMINOSOS "HI-TECH" DETIDO

Foi detido em Alicante o líder do grupo FIN7, que, desde 2013, burlou mais de 100 instituições financeiras de 40 países em mil milhões de euros, através da viciação de pagamentos electrónicos. 
O crime hi-tech começou com o lançamento de malware Anunak, que tinha como alvo transacções finaceiras e redes ATM de instituições financeiras. 
Em 2014 o Anunak foi melhorado para uma versão mais sofisticada, chamada Carbanak, que foi usada até 2016. A seguir, o grupo focou a sua actividade no desenvolvimento de um malware à medida ainda mais sofisticado, baseado no software para teste de penetração Cobalt Strike
Nos seus ataques, os cibercriminosos enviavam, aos funcionários do banco vítima, e-mails com anexos maliciosos como se fossem de empresas legítimas. Uma vez baixado, o software malicioso permitia que os criminosos controlassem remotamente as máquinas infectadas das vítimas, dando-lhes acesso à rede bancária interna e infectando os servidores que controlavam as caixas electrónicas. Isso proporcionava-lhes o conhecimento necessário para sacar o dinheiro, que depois era levantado por um dos seguintes meios:
  • As caixas electrónicas (ATM's) eram instruídas remotamente para disponibilizar o dinheiro num momento pré-determinado, sendo o dinheiro levantado por responsáveis de grupos criminosos que recolhiam da parte de fora o dinheiro pago pela máquina; 
  • A rede de pagamentos eletrónicos era usada para transferir dinheiro para fora da organização e para contas de criminosos; 
  • As bases de dados com informações das contas eram alteradas de modo a permitir que o saldo das contas bancárias fosse inflacionado, facultando  a recolha do dinheiro disponível. 
Os lucros do crime eram lavados via  criptomoedas digitais, por meio de cartões pré-pagos ligados às carteiras usadas para comprar bens, tais como carros de luxo e casas. 
   

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails
                    TEMAS PRINCIPAIS
AUSTERIDADE  -  CONTAS PÚBLICAS  -  CONTRATAÇÃO PÚBLICA  -  CORRUPÇÃO  -  CRISE FINANCEIRA  -  CULTURA  -  DESPORTO  -  DGEMN  -  DIA COMEMORATIVO  -  DIREITOS FUNDAMENTAIS  -  DÍVIDA PÚBLICA  -  EDUCAÇÃO  -  ECONOMIA & FINANÇAS  -  ESTADO DA NAÇÃO  -  ÉTICA  -  HABILITAÇÕES  -  HUMOR  -  JUSTIÇA  -  LEGALIDADE  -  NOMEAÇÕES  -  PATRIMÓNIO IMOBILIÁRIO PÚBLICO  -  PLANO INCLINADO  -  POLÍTICA  -  POLÍTICA CULTURAL  -  PRACE  -  PRINCÍPIO DA MELHORIA INCONTESTÁVEL  -  REABILITAÇÃO  -  TERREIRO DO PAÇO