segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

AUSTERIDADE É PARA CONTINUAR

Angela Merkel diz que austeridade é para continuar e que a crise europeia está longe do fim. 2013 ainda será um ano negro para a "civilizada" Europa.

sábado, 29 de dezembro de 2012

O 'PROFESSOR' COLUNÁVEL E PROLIXO

As referências a Baptista da Silva na comunicação social remontam pelo menos a 2007. Um artigo do "Público" sobre o referendo do aborto aponta-o como sendo um "leigo católico". Já este ano o "Jornal de Notícias" apelidou-o de "professor universitário e investigador", num artigo sobre de 18 de maio sobre o Manifesto para uma Esquerda Livre. A 7 de junho o "Diário de Notícias" ("DN")referiu-se-lhe como "economista". A 11 de novembro os sites do "Público" , "Correio da Manhã", "DN" e "RTP", citando a agência Lusa, designaram-no como "consultor do Banco Mundial" num texto sobre a Conferência da Fundação Liga onde participou Bagão Félix. A 15 de dezembro, o Expresso publica uma entrevista. E na sexta-feira dia 21 Baptista da Silva é um dos convidados do "Expresso da Meia-Noite". No dia seguinte, no Expresso, é referido num artigo de opinião de Nicolau Santos e é entrevistado para a TSF. As suas declarações são citadas em agências de notícias internacionais como a Reuters. No domingo, todos os canais, exceto a SIC, abrem os noticiários das 13h com frases do falso quadro da ONU.(...) 

(Transcrito da edição do Expresso de hoje)

Ligações: Será este o próximo primeiro ministro ? ; Burlão esteve na universidade de verão do PS [Expresso]; ONU diz que Artur Baptista da Silva “não está autorizado” a falar em nome da organização [Público]; Somos todos Artur Baptista da Silva [blog Aventar].

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

'FALHA DE COMUNICAÇÃO' FRENTE-A-FRENTE

Veja onde falhou a privatização da TAP, na perspectiva de German Efromovich, presidente da Synergy Airspace,em entrevista a Mário Crespo.
Falha de comunicação depois de tantos contactos ? Não. Falha de oportunidade política, talvez.
Alguns políticos pensam que os portugueses são estúpidos. Pois. Votaram neles...

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

FISCO VAI APERTAR AINDA MAIS

O aumento de impostos incentiva a fuga e o aumento da economia paralela. Bem pode o fisco apertar o controlo e obrigar a enviar mensalmente informações sobre salários e descontos para detectar desvios mais rapidamente e, assim, impedir a quebra nos impostos. Mais burocracia e mais impostos são  um incentivo ao encerramento de empresas,

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

BURACO DE 7 MIL MILHÕES... OU TALVEZ MAIS

O valor da burla do BPN pode chegar a 7 mil milhões, ou seja, perto do dobro do corte na despesa pública exigida pela troika. O valor é muito grande e os réus muito poucos ou nenhuns. Em que país estamos ?

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

SERÁ ESTE O PRÓXIMO PRIMEIRO MINISTRO ?

Deu entrevistas a vários orgãos de comunicação social, foi conferencista e passou por coordenador de um observatório das Nações Unidas. Ele sabe como se resolve o problema do défice.
Chama-se Artur Baptista da Silva e já esteve preso. Já foi ao "Expresso da Meia Noite", deu entrevista ao "Expresso" e foi dirigente desportivo. Não acham que merece uma medalha ?
Num País onde os casos de usurpação de funções, de falsas habilitações (académicas e profissionais) e de falsos curricula são olhados (e julgados) com benevolência, já tudo é de esperar. Neste caso, tudo indicia que foram burlados prestigiados jornalistas, orgãos de comunicação social e, consequentemente, os seus leitores.
Os casos  dos falsos engenheiros, dos falsos economistas, dos falsos médicos, dos falsos padres... - alguns dos quais temos tido conhecimento directo e temos denunciado neste blogue - vão sendo cada vez mais triviais.
A própria legislação, relativa aos trabalhadores em funções públicas, propicia estas situações, quando corta carreiras e mete no mesmo saco de técnicos superiores, qualquer funcionário seja médico, jurista, sociólogo, engenheiro, economista, etc, permitindo que um jurista desempenhe, por exemplo, funções de engenheiro civil, ou um sociólogo funções de director financeiro. Para não falar dos curricula fabricados a partir das "Páginas Amarelas", como um caso antigo que conhecemos, em que o burlão, detectada a fraude, foi convidado, pelo dirigente máximo do organismo, a assinar a declaração de demissão, mas sem participação ao MP para não prejudicar o partido em que militava.
A agilização na entrega de documentos, os "liberalismos" e as simplificações - que, na Administração Pública, têm origem no PRACE e que, na classe política, são mais mediáticas - em que as pessoas se fazem passar por aquilo que não são, têm custos irremediáveis para o País e reclamam mais severidade. A menos que a Justiça não deixe passar casos que são tão puníveis pelo Código Penal, como os casos do BPN, dos submarinos, da "Face Oculta", da pedofilia, das parcerias público-privadas, etc.
E, se estes crimes mais graves  parecem passar impunes, pensamos que - em qualquer circunstância - não podemos resignar-nos a que Portugal seja uma nação sem lei e um paraíso para criminosos.       

Ligações: Alegado economista ligado à ONU diz-se alvo de uma chacina de carácter [RTP]; International Club of Portugal admite apresentar queixa contra Baptista da Silva [Diário de Notícias]; Falso consultor da ONU: ‘Expresso’ pede desculpas [Correio da Manhã]; O Expresso e Artur Baptista da Silva [Expresso]; UN economist: Portugal needs partial debt renegotiation [Chicago Tribune].

sábado, 22 de dezembro de 2012

BAGÃO: GOVERNO É CUIDADOSO COM OS PODEROSOS

Bagão Félix criticou a decisão de cortar nos direitos adquiridos dos pensionistas e reiterou que o governo é demasiado cuidadoso a tirar regalias aos poderosos.
(Re)veja a entrevista concedida ontem a Mário Crespo na SICN.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

A "TAPALHADA"

Depois do caso da EDP, em que surgiram suspeitas de que os chineses tiveram conhecimento antecipado das propostas dos outros concorrentes, tivemos o epílogo (para já) de outra trapalhada.  A TAP continua, por enquanto, nas mãos do Estado. As explicações em que Maria Luís Albuquerque  se desdobrou são um paradigma de asneiras que não seriam de esperar de uma secretária de Estado, licenciada pela Lusíada e que demonstrou pouca experiência em concursos públicos, por muitas referências que faça aos advisers da privatização (quanto ganharam ?). 
A aprovação do caderno de encargos em simultâneo com um concorrente constituiu um autêntico disparate, dado que o caderno de encargos deve ser feito antes de conhecer os concorrentes. Depois, o pretexto das garantias bancárias e da capacidade financeira dos concorrentes não ficou claro.  Normalmente, as garantias bancárias só são exigíveis após a adjudicação e a capacidade financeira devia ser demonstrada "a priori" através de parâmetros objectivos, condicionadores da admissão do concorrente e da sua proposta a concurso.
Por outro lado, não conseguimos saber se havia e como era constituída a comissão de avaliação das propostas ou, mesmo, se tal comissão era constituída por advisers privados ou pelo conselho de ministros.
O sr. Efromovich terá sobrevalorizado os incentivos do ministro Relvas e ter-se-á finalmente apercebido das razões pelas quais os outros concorrentes desistiram  e não perderam tempo a elaborar as suas propostas para a privatização da TAP . 
   

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

RELVAS, O DESEJADO

Assunção diz que Relvas vai ter que ir à Assembleia da República explicar a privatização da RTP, apesar da maioria ter chumbado o requerimento protestativo do PS. Os deputados sabem que  o parlamento sem Relvas não é a mesma coisa.

PENSÕES DESCEM A PARTIR DE FEVEREIRO

A Segurança Social só vai proceder aos cortes nas pensões a partir de Fevereiro, em que os cortes serão a dobrar.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

OEIRAS VALE A PENA

A autarquia de Oeiras distribuiu mais de três mil cabazes de Natal por famílias carenciadas do concelho.

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

MAIS CONTRAPARTIDAS POR CUMPRIR

A General Dynamics European Land Systems, fornecedora dos blindados Pandur às Forças Armadas portuguesas, não cumpriu os 516 milhões de euros de contrapartidas à economia nacional, o que deve levar a que o Governo venha a executar a garantia de 130 milhões prestada pela adjudicatária.
Recorde-se que há um contencioso entre as duas partes, resultante do incumprimento de prazos por parte do fornecedor e do cancelamento do número de unidades previsto no contrato

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

RECEBEM MAIS DO QUE DESCONTARAM

Passos diz que há pensionistas a receber acima do que descontaram. Pois. Deve estar a referir-se aos políticos que ao fim de oito e doze anos já têm direito a receber subvenção do Estado. Ou terá na sua mente os juízes do Tribunal, que provavelmente vão chumbar o OE2013 ?
Claro que há muitos políticos que não precisam de reformas. Perguntem aos que andaram metidos nas "falcatruas" do BPN, das parcerias público-privadas (PPP's), dos submarinos, da "face oculta"... Esses dizem que não precisam, mas continuam a embolsar. É fartar, vilanagem! Quem disse que o crime não compensa ?

domingo, 16 de dezembro de 2012

HE WAS GIVEN A GUN

Puseram-lhe nas mãos uma arma. Adam Lanza, 20 anos de idade, matou a sua mãe e dirigiu-se depois à escola primária de Newtown, onde matou 26 pessoas, tendo-se suicidado em seguida. O horror de um massacre repetiu-se nos Estados Unidos.
Barack Obama participa este domingo, em Newtown, numa cerimónia religiosa de homenagem às vítimas.

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

ALMOÇO DE NATAL 2012 DA DSEP

A tradição ainda é o que era e, por isso, funcionários da antiga Direcção de Serviços de Estudos e Projectos (DSEP) da DGEMN estão a organizar um almoço de Natal para o próximo dia 19 (quarta-feira), no Restaurante "O Possolo" (A), na Rua do Possolo, 59.
Todos os ex-DGEMN interessados devem contactar, com urgência, o Manuel Lourenço ou a São Gomes. Se não souberem os contactos, deixem uma mensagem no impresso electrónico aqui, que nós reencaminharemos.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

'BURACO NO ASFALTO' PROCURA CRIMINOSOS

O DCIAP está a levar a efeito a operação "Buraco no Asfalto", para investigar eventuais indícios criminais nas PPP's (parcerias público- privadas), visando nomeadamente na negociação feita em 2010, entre o Estado e a Ascendi.
Foram alvo de buscas domiciliárias dois antigos membros do governo Sócrates (Teixeira dos Santos e Costa Pina) e o ex-presidente da Estradas de Portugal, Almerindo Marques, actualmente administrador da construtora Opway.

Ligação: Teixeira dos Santos alvo de buscas às 7h da manhã [TVI24].

PRIVATIZAR E DEFENDER O INTERESSE PÚBLICO

A justificação dos compromissos assumidos, no âmbito do memorando de entendimento com a troika, para proceder às privatizações da TAP e da ANA pode justificar o adiamento dos processos. Em época de crise, há menos concorrentes interessados e a avaliação das empresas é necessáriamente irrisória face ao seu valor estratégico.
No caso da TAP, a questão levantada por Carlos Zorrinho no Parlamento é pertinente: não é lógico aprovar no mesmo conselho de ministro o caderno de encargos e o único concorrente.
Quem, como os colegas da DGEMN, conhece os procedimentos dos concursos, sabe que o programa de concurso e o caderno de encargos são peças fundamentais que devem ser cuidadosamente elaboradas e aprovadas muito antes de conhecer os concorrentes. Os procedimentos têm que ser rigorosos, legais e fomentar a concorrência. Qualquer pequeno descuido pode ser fatal para o interesse público.
Ainda temos presente o processo da EDP, em que houve suspeita de que o concorrente chinês Three Gorges terá tido conhecimento antecipado das propostas dos outros concorrentes.
Quanto à RTP, o processo de alienação também é delicado e exige muito rigor, como se alcança dos últimos acontecimentos que envolveram a empresa e os sucessivos modelos de privatização. Que entenderá o governo por serviço público ? Esta e outras questões pertinentes foram levantadas por António Capucho e Carlos Zorrinho ontem no "Frente a Frente" da SICN.

Ligação: Compra da EDP sob investigação.

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

CULTURA VAI TUTELAR A JUSTIÇA ?

Cândida Almeida, directora do DCIAP, foi ao Clube dos Pensadores, em Vila Nova de Gaia, a um debate sobre justiça, onde afirmou que a violação do segredo de justiça é um problema cultural.
Será que a justiça vai ficar sob a tutela do secretário de Estado da Cultura ?

PASSAR CARTÃO AO FISCO

As instituições de crédito são obrigadas* a fornecer à administração fiscal as transacções discriminadas com cartões de crédito e débito. Claro que esta norma prejudica o negócio dos cartões, porque muita gente que não quer ser controlada passou a usar outros meios de pagamento.
Vítor Bento, presidente da SIBS, considera que o governo cometeu um erro ao utilizar o sistema financeiro como instrumento de controlo fiscal.

Ligações: *Portaria nº34-B/2012, de 1-2; IRS - Contribuintes que declarem dados incorretos têm de devolver imposto devido [Económico].

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

RELVAS APOIA E 'QUEIMA' SEARA

O PSD de Lisboa entende que Relvas anda a meter-se aonde não devia, ao anunciar a candidatura de Fernando Seara à Câmara de Lisboa.

domingo, 9 de dezembro de 2012

FAZER DOS OUTROS ESTÚPIDOS

Se fosse Relvas a dizer mais uns disparates em público, já ninguém se admirava. Agora de professores e comentadores encartados, as pessoas esperam bom senso e um bocadinho mais.
Na Universidade Política do PSD (UPPSD), Marcelo ensinou que um herbívoro não pode ser carnívoro e vice-versa e, por isso, os apelos a Cavaco para submeter o Orçamento ao TC são absurdos e visam apenas o desgaste político. Como é quase certo que Cavaco, a exemplo da generalidade das pessoas, é omnívoro, o raciocínio de Marcelo é um sofisma.
Já Marques Mendes na mesma UPPSD apelou à afectividade e à pedagogia dos ministros do PSD, aconselhando-os a dizer que nos cortam nos vencimentos e nas pensões por que gostam de nós (fazendo lembrar o ditado popular aplicado noutro contexto afectivo "quanto mais me bates mais gosto de ti"). Para quem disse, na quinta-feira (na TVI24). que o Gaspar nos tratava como atrasados mentais não está mau.
   

sábado, 8 de dezembro de 2012

ALMOÇO DE NATAL 2012 DA DSEP

A tradição ainda é o que era e, por isso, funcionários da antiga Direcção de Serviços de Estudos e Projectos (DSEP) da DGEMN estão a organizar um almoço de Natal para o próximo dia 19 (quarta-feira), no Restaurante "O Possolo" (A), na Rua do Possolo, 59.
Todos os ex-DGEMN interessados devem contactar, com urgência, o Manuel Lourenço ou a São Gomes. Se não souberem os contactos, deixem uma mensagem no impresso electrónico aqui, que nós reencaminharemos.

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

FAZER DOS PORTUGUESES ATRASADOS MENTAIS

Ontem, no seu habitual comentário das quintas-feiras, Luís Marques Mendes comentou as mudanças de opinião de Vítor Gaspar, dizendo que o ministro das Finanças «ou está a fazer dos portugueses parvos ou atrasados mentais, porque se houve confusão foi ele [ministro] que a criou».
«É ele que fala de igualdade de tratamento, é ele que fala em benefício, e depois é ele que vem dizer: Nah, isso foi uma grande confusão! Vocês estão a simplificar em excesso coisas difíceis», acrescenta Marques Mendes.
Recorde-se que, no final da reunião do Eurogrupo, em Bruxelas, o ministro das Finanças explicou que a ideia de que Portugal poderia beneficiar das mesmas condições que a Grécia é errada, resultando de uma simplificação excessiva de um tema complexo, contrariando o que o próprio Gaspar tinha declarado na Assembleia da República (em intervenção escrita).
Mais um caso comprovado de trapalhada e de falta de seriedade ou de competência de quem nos governa. Por este andar, não vamos longe. Está na altura dos portugueses darem a devida resposta a estes políticos de pacotilha que os consideram atrasados mentais. 

MEDINA APANHADO NA REDE

A investigação do "caso Monte Branco", que constitui o mais importante esquema de fuga ao fisco e branqueamento de capitais verificado em Portugal, apanhou um nome totalmente improvável: Medina Carreira, ex-ministro das Finanças e influente comentador televisivo.
(Manchete da edição de hoje do semanário "SOL")

Ligações: Medina Carreira suspeito no Monte Branco [SOL]; "Monte Branco" faz buscas em casa de Medina Carreira [Diário de Notícias]; Medina Carreira e Manuel Vilarinho «apanhados» no caso Monte Branco [Diário Digital].

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

PEDIDOS DE APOSENTAÇÃO DISPARAM

O aumento dos pedidos de aposentação está a causar o caos na administração pública. Os serviços estão a perder os trabalhadores mais experientes e competentes, que estão fartos de chefes comissários políticos e receiam a degradação das condições de reforma a partir do próximo ano.
Nobre dos Santos, da FESAP - que acusa o governo de desnorte e de reter os pedidos de reforma -. assegurou que os pedidos de aposentação devem entrar nos respectivos serviços até 31 de Dezembro 2012, para não lhe serem aplicadas as novas condições.
Por sua vez, Bettencourt Picanço, do STE, diz que se está a cometer uma ilegalidade, ao exigir uma data limite para a entrega dos pedidos de reforma na Função Pública.
    

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

CAMPEONATO DA CORRUPÇÃO: PORTUGAL BEM CLASSIFICADO

A Transparência Internacional mede os índices percebidos de corrupção no sector público através do índice de percepção da corrupção.
Este ano, Portugal está em 33.º lugar, entre 176 países (uma posição abaixo da do ano passado), com a notação de 63, numa escala de 0 (altamente corrupto) a 100 (sem corrupção). A Dinamarca, Finlandia e Nova Zelandia são ex-aequo os mais limpos (90) e a Somália, a Coreia do Norte e o Afeganistão estão no último lugar (8).
Confira no portal da Transparência Internacional.

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

DUARTE LIMA: UM PENSIONISTA INTELIGENTE

Os 32 milhões de euros de prejuízo do negócio de terrenos de Oeiras, adquiridos pelo fundo Homeland de Duarte Lima, vão ser assumidos pelo Estado, através da Parvalorem, a empresa pública criada para deter os activos tóxicos do BPN.
Salienta-se, também, que Lima terá lucrado mais de 3 milhões na burla ao BPN e recebeu cerca de 1 milhão em pensões nos últimos seis anos.


Ligações: Estado paga negócio de Duarte Lima [Correio da Manhã]; Duarte Lima vende casa no Algarve por 6,5 milhões [Correio da Manhã].

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

QUEM VAI AGUENTAR MAIS AUSTERIDADE

No dia 30 de Outubro Fernando Ulrich, presidente do BPI e apologista da política de austeridade de Passos, acusou algumas pessoas com responsabilidade política de quererem atirar Portugal para a situação da Grécia e interrogando-se se o país aguenta mais austeridade, disse: "Ai aguenta, aguenta!"
Cerca de um mês de depois, no XIX Congresso do PCP, Carlos Carvalhas passava a responsabilidade para suportar a austeridade para o capital. "A banca aguenta mais austeridade? Ai aguenta, aguenta !"
   

domingo, 2 de dezembro de 2012

PASSOS E A DESTRUIÇÃO DO ESTADO

As sucessivas reestruturações da administração pública, com extinção de organismos e a redução dos funcionários públicos e das forças militares e militarizadas, levaram um nosso leitor a inferir que Passos Coelho e o seu governo estão objectiva e reiteradamente a abrir caminho à revolução proletária.
O nosso leitor inspira a sua conclusão no marxismo-leninismo que diz que "a libertação da classe oprimida é impossível, não só sem uma revolução violenta, como também sem a destruição do aparelho do poder estatal criado pela classe dominante", (Lenine, i. XXL pág, 376, O Estado e a Revolução).

sábado, 1 de dezembro de 2012

1º DE DEZEMBRO, SEMPRE !

O deputado Ribeiro e Castro e o presidente da Câmara Municipal de Lisboa estiveram presentes numa cerimónia comemorativa da independência nacional, nos Restauradores.
Contra a eliminação deste feriado levada a cabo pelo governo, António Costa discursou* e afirmou que a cidade de Lisboa continuará a assinalar o 1º de Dezembro e que a autarquia continuará a associar-se às comemorações e convidará também todos os municípios que se queiram associar a assinalar este dia histórico para Portugal.


Ligações: Movimento 1º DezembroSociedade Histórica da Independência de Portugal; 1º DE DEZEMBRO: ANTÓNIO COSTA REAFIRMA INTENÇÃO DE LISBOA CONTINUAR A COMEMORAR A DATA [C-M Lisboa].

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

VERGONHA SILENCIA HOMENS VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

A violência doméstica dos homens sobre as mulheres é a mais denunciada e, por isso, a mais conhecida. Mas a violência das mulheres sobre os homens é a mais silenciada, porque, geralmente ,os homens têm vergonha de a denunciar. 
Verifica-se, regra geral, em homens mais velhos que as companheiras (mais de 10 anos de diferença de idades), em que o homem, sendo mais velho, se encontra doente e diminuído mentalmente e fica à mercê da mulher, que aguarda impacientemente (de forma contida) a morte do  companheiro para enriquecer o seu património. É a forma mais fácil de enriquecer legalmente sem riscos. 
Algumas destas mulheres são autênticas profissionais e descobriram uma autêntica mina de ouro. A legislação até as favorece e passam para a sociedade a imagem de pessoas caridosas, de bom coração e felizes* (claro). Os homens, vítimas desta violência física e psicológica, têm um denominador comum: têm um património suficientemente elevado (e atractivo).   
Em sintonia com o nosso post "Também há violência sobre os homens", o Expresso online publicou a reportagem** "Homens, pais e vítimas de violência doméstica", em que se diz, nomeadamente:

O número de homens vítimas de violência doméstica é cada vez maior e julgar que as agressões delas são menos violentas é incorrer num lugar-comum grave. Conheça a história de João Paiva Santos, que resolveu contar o que outros homens cada vez mais têm vergonha de denunciar.
 

Os dados nacionais cedidos ao Expresso pela direção de investigação criminal da GNR, em 2011, registam 848 casos de homens, entre os 18 e os 64 anos, agredidos pela mulher ou ex-companheira. Este ano, só no primeiro semestre já foram registados 457 casos. Estes dados, no entanto, não refletem o que se passa na realidade. Sabe-se que são muitos os crimes desta ordem que ficam por confessar ou aqueles em que o histórico de violência contínua só é conhecido quando a vítima morre às mãos da agressora.
(...)
No decorrer desta reportagem, o Expresso teve uma enorme dificuldade em encontrar homens que apesar de reconhecerem ser vítimas de violência doméstica aceitassem falar, ainda que sob anonimato. Apenas um aceitou dar o seu testemunho, acreditando que esta pode ser uma forma de "encorajar outros homens" na mesma situação.


__________________________
*
Casais em que, ele na casa dos 80 e ela na casa dos 70 anos, como se sabe, devem ter uma vida sexual e afectiva intensa, não é ? Mas há entidades, como a APAV (Associação Portuguesa de Apoio à Vítima), que muitas vezes acreditam nisso. Uma love story é uma ternura em pessoas idosas, disfarça sempre muito bem um caso de violência e tem um final feliz. Como nos filmes e nas histórias da carochinha.
**O trabalho jornalístico é da autoria de Vanessa Sardinha (reportagem), Carlos Paes (fotografia) e Fernando Pereira (vídeo).

LigaçãoHomens, pais e vítimas de violência doméstica [Expresso online].

RÓTULO DE VINHO CENSURADO

A autarquia de Santa Comba Dão queria registar a marca de vinho "Memórias de Salazar", mas o Instituto  Nacional da Propriedade Industrial não autorizou.

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

CONFUNDIR A ÁRVORE COM A FLORESTA

Afinal a supressão de feriados não passa de uma "brincadeira", se nos lembrarmos do barulho à volta dos feriados, para aumentar a produtividade.
Enfim, minudências se compararmos com a anunciada austeridade em 2013, potenciada com os cortes de 4 mil milhões (e por aí adiante) que se vão seguir.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

'PARASTOO' PIRATEARAM IAEA

A Agência Internacional de Energia Atómica (IAEA) confirmou que um dos seus servidores foi vítima de hackers. tendo sido divulgados ontem online os contactos  mais de 100 cientistas que colaboram com a IAEA, em Viena.
O pirata ou piratas informáticos, que se intitularam "Parastoo" (andorinha, em persa), ameaçaram divulgar mais nomes na web.

ALEMANHA VAI AUMENTAR PENSÕES

O governo alemão deverá aprovar, no Conselho de Ministros de hoje, um relatório sobre as pensões de reforma, que preconiza um aumento gradual máximo de 11% das pensões, até 2016.
A revelação é feita pelo Bild, que teve acesso ao relatório e apresenta a tabela* de aumentos, durante os próximos quatro anos, até um máximo de 230 €, para os reformados dos novos estados federados criados na Alemanha Oriental (Ost) e de cerca de 8%, para os reformados da antiga Alemanha Ocidental (West).
A situação dos pensionistas alemães leva-nos inevitavelmente à comparação com a dos pensionistas portugueses. E suscita-nos (também) a comparação entre políticos alemães e portugueses: Será que o parlamento alemão (Bundestag) proporciona aos deputados subvenções idênticas às da Assembleia da República, em Portugal   ?

______________
*Na tabela só há valores de 500 a 2000 euros para as pensões de reforma.  

Ligações: Renten steigen bis 2016 um bis zu 230 Euro [Bild]; Rentenversicherung: Alles rund um Riester, Rürup, Altersvorsorge [Bild].

terça-feira, 27 de novembro de 2012

PARLAMENTO APROVOU ORÇAMENTO IRREALISTA

O OE2013 não será exequível, segundo José Gomes Ferreira, porque inclui receitas fiscais que não vão ocorrer e, por outro lado, não inclui cortes significativos na despesa do Estado. Alguns deputados da maioria fizeram declarações de voto, havendo um (Rui Barreto do CDS) que votou contra, por razões de consciência.
   

Ligação: O orçamento mais estúpido do mundo [Expresso].

EXUMADO CORPO DE ARAFAT

Cientistas exumaram em Ramallah os restos mortais do falecido líder palestiniano Yasser Arafat e recolheram amostras que vão ser analisadas, a fim de avaliar o teor em polónio radioactivo.
Na sequência de uma investigação de nove meses, cujos resultados foram conhecidos no princípio deste ano, haviam sidos encontrados vestígios elevados daquele elemento radioactivo em objectos pessoais de Arafat, levantando suspeitas sobre o seu envenenamento.


Ligações: Yasser Arafat's body exhumed in Ramallah [al jazeera]; O que matou Arafat [ex-DGEMN]; Les zones d'ombre autour de la mort de Yasser Arafat [Le Monde].

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

O 'DESENRASCANÇO' DE MARCELO

Vítor Matos  é o autor de uma espécie de biografia consentida e não autorizada "Marcelo Rebelo de Sousa", que vai ser lançada esta semana. Os jornalistas Martim Silva e Ângela Silva revelam na Revista do Expresso alguns episódios, de que destacamos este, quando o biografado era presidente do PSD, e que leva Vitor Matos a considerar que Marcelo tem uma lata suprema e um instinto de desenrascanço difícil de ultrapassar.

Estava à espera da visita do embaixador do Irão quando, por acidente, molha as calças. José Luís Arnaut atrasa a entrada do embaixador na sala, mas depois de recusar o pedido de Marcelo para que lhe emprestasse as calças. Marcelo dá ordem de entrada ao embaixador. Arnaut instrui o diplomata sobre o protocolo laranja, que ditava que o líder do partido o recebesse sentado à secretária. E assim foi: Marcelo recebeu o iraniano de casaco e gravata, mas de cuecas, sentado â secretária. O interlocutor não chegou a perceber.
(In Expresso - Revista, de 24 Nov 2012)

Ligações: Vídeo: Vida de Marcelo Rebelo de Sousa contada em biografia [Lux]; As histórias de Marcelo Rebelo de Sousa [TSF]; Os dias loucos de Marcelo no Governo da AD [Sol]; Marcelo Rebelo de Sousa: o ódio de estimação de Passos Coelho [Expresso].

MENDIGAR NO TERREIRO DO PAÇO

Vasco Rafael terminou o curso de história com média final de 16 valores. Agora, passa o dia a tocar violino e a declamar poesia, para ganhar dinheiro para pagar as propinas, que lhe faltam para obter o diploma. E, provavelmente, vai continuar desempregado e sem futuro, se continuar por cá. 
Os pobres e os sem abrigo aumentaram e enchem as ruas. Este é o retrato do País de pedintes em que nos transformaram. Em 2013 e seguintes, vai se pior. A miséria vai ser tradição ?

domingo, 25 de novembro de 2012

TAMBÉM HÁ VIOLÊNCIA DOMÉSTICA SOBRE OS HOMENS

A Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género lançou na sexta-feira uma campanha contra a violência doméstica. Segundo as estatísticas, a violência doméstica já matou 30 mulheres em Portugal, este ano. À campanha associou-se a Secretaria de Estado da Igualdade, cuja responsável, Teresa Morais, pretende sensibilizar a sociedade para os efeitos desta violência.
Mas, a maior parte das pessoas esquece-se não há só violência dos homens sobre as mulheres. Há também o inverso. Há violência de mulheres sobre homens, sobretudo idosos, que tem como escopo roubar património aos velhotes. São situações mais comuns do que se pensa. Talvez, por isso, haja muitos idosos a viver sozinhos. 

sábado, 24 de novembro de 2012

DEPUTADO PEDIU SUSPENSÂO DAS PRIVATIZAÇÕES

O deputado Paulo Campos (PS) pediu na Assembleia a suspensão das privatizações. O deputado Afonso Paulo Oliveira (PSD) disse que Paulo Campos não tinha autoridade moral para aquele discurso.
Mas, haverá alguém, ou alguma instituição, que tenha autoridade moral para destruir o Estado ?

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

ASSEMBLEIA APROVOU CORTE NAS PENSÕES

A Assembleia da República aprovou o corte nas pensões de reforma acima de 1.350 euros, bem como a suspensão do subsídios de férias dos funcionários públicos, tendo a maioria (PSD/CDS) bloqueado no debate na especialidade todas as alterações propostas pela oposição.
Muitos esquecem-se que o poder não é eterno. E, que o Estado devia respeitar os cumprimissos que assumiu com os cidadãos, que descontaram mais de três décadas para a segurança social. O ex-ministro das Finanças Silva Lopes diz que os responsáveis pelos pelos cortes nas pensões não lhe merece confiança, porque estes, a serem necessários, deviam ser feitos de forma equitativa.
   

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

CURIOSIDADE DA POLÍCIA TEM LIMITES

Após 20 meses no cargo de director de informação da RTP, Nuno Santos renunciou, por entender que não tem a confiança da administração da empresa.
Na origem da controvérsia está um pedido feito pela Polícia de Segurança Pública à RTP para obter as imagens recolhidas durante a manifestação de quarta-feira. A redacção entendeu que não deveriam ser entregues imagens em bruto, mas apenas aquelas que foram para o ar nos canais da estação do Estado.
Apesar de Nuno Santos ter garantido, ao Conselho de Redacção e à Comissão de Trabalhadores, que não entregou a entidades externas à RTP as imagens não exibidas publicamente pela televisão, a administração acusa a direcção de informação de facultar a elementos estranhos à empresa a visualização de imagens nas instalações da RTP, sem que a administração tenha sido consultada ou sequer informada, nem sobre o pedido, nem sobre a presença de elementos estranhos à empresa, dentro das suas instalações.
A administração da RTP entende que há indícios de ilícitos disciplinares graves, tendo anunciando a abertura de um inquérito.
Para além da questão interna da RTP (de uma possível actuação à margem da hierarquia), também a actuação da PSP no caso pode não saír bem na fotografia, se, de facto, pediu o acesso à gravação de imagens não editadas (não públicas), sem estar munida de validação prévia pela autoridade judicial competente.

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

ESTADO SOCIAL PERTO DO FIM

A avaliação da redução dos encargos com as prestações sociais e com o emprego público estão na ordem do dia, conforme se depreende da leitura do discurso oficial (de Passos e Gaspar) e do relatório do FMI, sobre o nosso País (à margem da avaliação da troika), divulgado ontem.
Nesse relatório, o FMI alerta para a obrigação de implementar o pacto orçamental da União Europeia e de obter um consenso político para introduzir a prudência orçamental no ordenamento legal do país.
O relatório . que considera difícil aliviar a carga fiscal nos próximos anos - sugere a realização de um debate público em relação à forma justa e amiga do crescimento de repartir o fardo do ajustamento orçamental que ainda falta, considerando que o objectivo principal desse debate deve ser a racionalização ainda maior da folha salarial e do emprego no sector público, bem como a reforma das pensões e das transferências sociais, com vista a fornecer serviços públicos mais eficientes e uma redistribuição mais equitativa.  

Ligação: Portugal: 2012 Article IV Consultation Concluding Statement of the IMF Mission [FMI].


terça-feira, 20 de novembro de 2012

DESPEDIMENTOS NO ESTADO PARA BREVE

A lei da mobilidade será revista, disse Vítor Gaspar na conferência de imprensa de aprovação da avaliação da troika. Isso quer dizer que os trabalhadores em funções públicas, sobretudo os que estão fora do quadro, não vão ter vida fácil. José Gomes Ferreira descodifica. Se se quer cortar na despesa do Estado que é estrutural, evitando cortar menos nas despesas sociais, implica mexer inevitavelmente nos quadros dos funcionários do Estado e aumentar o horário de trabalho. Para Gomes Ferreira, é uma matéria muito sensível, mas "não há volta a dar-lhe".
   :

A DEMOCRACIA NOS SACRIFÍCIOS

A discriminação positiva de subvenções aos políticos continua, seja entre eles (os do continente e os das regiões autónomas), seja entre eles e os cidadãos comuns. Como ontem disse ( e muito bem) Tiago Caiado Guerreiro (no Opinião Pública da SICN), só deviam receber pensões do Estado os cidadãos que descontaram, durante a sua vida activa (de mais de trinta anos), para a segurança social.
E há muitos políticos, com uma carreira contributiva diminuta, a receber subvenções vitalícias. E a acumular  pensões com pensões, pensões com salários e, ainda, com ajudas de custo. Não é só Alberto João Jardim. Muitos casos nem sequer vêm a conhecimento público, como acontece com muitos autarcas e deputados. A própria presidente da Assembleia da República reformou-se aos 42 anos do Tribunal Constitucional e acumula a pensão (€ 7.225) com as ajudas de custo (€ 2.133), apesar de ter prescindido do salário do cargo (€ 5.219,15).
Pode estar de acordo com as leis que os próprios políticos aprovaram. Mas, o que dirão a este respeito os desempregados que não recebem subsídio nenhum ? Na actual situação de crise, não deveriam os políticos suspender o recebimento das suas subvenções ? Seria uma forma dos políticos se colocarem democraticamente ao nível dos outros cidadãos e começarem a demonstrar que ainda têm alguma ética.

A SEXTA AVALIAÇÃO SEGUNDO SOUSA TAVARES

Já sabíamos, pela senhora Merkel, que íamos ter uma sexta avaliação positiva, por parte da troika. O ministro Vítor Gaspar deu uma conferência de imprensa em que, pela primeira vez, não anuncia mais austeridade. Já é muito positivo. Mas ficaram ainda muitas dúvidas para muita gente, nomeadamente para Sousa Tavares. Uma bastante importante: É necessário cortar 4 mil milhões de euros pontualmente ou definitivamente ?

Ligação: Portugal: Statement by the EC, ECB, and IMF on the Sixth Review Mission [FMI].

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

CONFLITO ISRAELO-PALESTINIANO CHEGOU AO CIBERESPAÇO

Na luta contra Israel, os rockets não são a única arma utlizada pelos palestinianos. A guerra faz-se também na internet. Os sítios do governo de Israel sofreram mais de 44 milhões de ataques desde o início da operação "Pilar de defesa", segundo The Guardian.
Só um ataque teve êxito, ao deitar abaixo um sítio governamental durante 10 minutos. Um dos portais mais visados pelos hackers pró-palestinianos tem sido o do presidente de Israel, que sofreu 10 milhões de ataques, a seguir vem o do ministério dos negócios estrangeiros, com 7 milhões e, depois, vem o portal do primeiro ministro Netanyahu com 3 milhões.
O insucesso destes intensos ataques a sítios do Estado dever-se-á aos investimentos israelitas feitos nos últimos anos no desenvolvimento de sistemas de defesa informática.
Também numerosos sítios não governamentais, em princípio menos protegidos, têm sofrido ataques, nomeadamente pelos célebres Anonymous, que reivindicam ter desfigurado 87 sítios na internet, em poucas horas, após terem anunciado a sua participação no movimento, de acordo com a BBC. Segundo The Guardian, os Anonymous não se juntaram aos outros hackers que pretendem acabar com os bombardeamentos israelitas, mas actuaram face à ameaça de corte da internet na faixa de Gaza.
Mais recentemente, a RT News noticiou que os Anonymous declararam ciberguerra a Israel, tendo divulgado, na web, os dados pessoais de 5 mil militares israelitas. 
   

Ligações: Hackers launch assault on Israeli government websites [The Guardian]; Anonymous hacker group attacks Israeli websites [BBC]; 127 Sites Defaced for #opIsrael [AnonRelations]; Anonymous leaks personal information of 5,000 Israeli officials [RT News}.

domingo, 18 de novembro de 2012

ELÍSIO: CULTURA DEVE INTEGRAR ECONOMIA

Elísio Summavielle é um ex-DGEMN* que foi secretário de Estado da Cultura nos governos PS e, mais recentemente, director geral do Património Cultural, cargo que deixou, por vontade própria, no passado dia 7, na sequência da nomeação de Jorge Barreto Xavier para secretário de Estado da Cultura.
Em declarações a Alexandra Carita, publicadas na edição do Expresso desta semana, Elísio justifica a sua demissão e sugere que a secretaria de Estado da Cultura integre o ministério da Economia, uma ideia que não é nova e que já tinhamos visto ser defendida por Armando Fernandes (quadro superior da Fundação Gulbenkian) e, mais recentemente, por Vasco Costa (ex director geral da DGEMN).
As declarações, em discurso directo de Elísio Summavielle, foram retiradas "ipsis verbis", tendo o ex-DGEMN recriado as perguntas para obter o formato de uma entrevista normal. 

Dr. Elísio Summavielle como explica a sua saída abrupta de director-geral do Património Cultural ?
A demissão de Francisco José Viegas de secretário de Estado da Cultura precipitou a minha saída. Acabou uma relação muito estreita e de grande cumplicidade com um SEC que delineou sempre na sua acção o património como eixo central.

O perfil de Jorge Barreto Xavier não lhe desperta a mesma confiança ?
Se for ver a actividade do novo SEC, ela tem muito pouco a ver com a minha, com o meu pensamento e o meu posicionamento pessoal face à política cultural


É por isso que tem muitos "receios" sobre o futuro da Direcção Geral do Património Cultural ?
Os equipamentos culturais dependentes da DGPC  e das direcções regionais de Cultura estão no limiar de de poderem vir a fechar. Qualquer beliscadela no orçamento que foi estabelecido para 2013 (€ 39,4 milhões) põe em risco as garantias mínimas de segurança, vigilância e limpeza que os equipamentos precisam para funcionar. E não é de todo tempo para delírios, espaventos e festas... Tenho receio de que o orçamento seja beliscado por interesses corporativos. E aí sinto uma certa nostalgia de um carrilhismo serôdio e passadista.

Tem vindo a público na imprensa, que uma das opções claras de Barreto Xavier é aumentar o apoio às artes...
O problema da classe política é estar sempre mais interessada em inaugurações, banquetes e palcos, do que no trabalho invisível do património.

Os dirigentes políticos da Cultura têm aproveitado os fundos dos quadros comunitários de apoio ?
Queiram ter consciência de que há milhões em Bruxelas a que Portugal não tem acesso porque não está lá ninguém a tratar disso. São financiamentos que ultrapassam os que a SEC dá nos concursos de apoio às artes.

Se calhar os homens da Cultura não estão sensibilizados para os números e para projectos de  financiamento..
Ponham-me na Economia.

Como ? Não me diga que queria que o património cultural integrasse  uma secretaria de Estado dentro do Ministério da Economia ?
O património não é um ónus que temos de carregar às costas. Não, o património é o futuro. E pensá-lo como futuro só é possível no quadro da economia e, mais, no quadro político de uma estratégia nacional. É preciso pensar no património como objectivo estratégico, como investimento.

Não é uma pena o nosso património estar tão degradado e haver tanto dinheiro comunitário para investir ? Podíamos evitar a falência das poucas empresas de construção que nos restam...
Porque não canalizá-lo para a reabilitação urbana? São mil milhões de euros para investir, muitos postos de trabalho para criar e toda uma economia local para reanimar. Pensem nisso um bocadinho

________________
(*) Foi subdirector-geral da DGEMN e é filho do saudoso Arquitecto Elísio Summavielle Soares (também da ex-DGEMN). É Comendador da Ordem do Infante D. Henrique, condecoração atribuída pelo Presidente da República, pelos serviços prestados no âmbito de Lisboa-94, Capital Europeia da Cultura, em 24 de Maio de 1995.

Rectrospectiva: "Não podemos ter medo de pensar no património como um negócio" [Público, 8 Agosto 2012]; Elísio Summavielle: 'O poder tem que se regionalizar' [Sol, 31 Maio 2012]; Elísio Summavielle “É possível fazer omoletes com pouquíssimos ovos e sem passivos medonhos” [jornal i, 27 Fev 2912]; Elísio Summavielle - Entrevista ao Patrimonio online 2003.

sábado, 17 de novembro de 2012

OMITIR AUSTERIDADE PARA GANHAR VOTOS

Ao contrário da maioria dos portugueses, Eduardo Catroga não ficou surpreendido quando o Governo começou a anunciar aumentos de impostos. Na proposta que elaborou em 2011 para o programa eleitoral do PSD, o ex-ministro das Finanças admitia ter de subir impostos.
"A título excecional e de emergência", Catroga ponderava "considerar medidas com impacto na receita fiscal". E especificava: "atualização dos impostos sobre o consumo", "eventuais reestruturações do IVA", "agravamento temporário das taxas do IRS dos três últimos escalões", "aplicação de um imposto sobre mais-valias" e "reestruturação dos benefícios fiscais". Todos estes exemplos foram cortados no texto final do programa.
Em entrevista ao Expresso (pág. ao lado), quando questionado sobre o recente aumento da carga fiscal, Catroga confirma não ter apanhado de surpresa. "Não fui. Eu tinha previsto na minha proposta de programa eleitoral separar a política fiscal de emergência da de médio prazo. E na primeira dizia textualmente que como não tinha confiança na base de partida apresentada pelo Governo socialista (o PEC 4 previa atingir 2% de défice em dois anos, o PSD pediu quatro e a troika foi para os três), previa medidas com impacto na receita fiscal.
"O PSD entendeu que náo devia incluir essa parte no programa", conta Catroga. Na sua opinião, "foi um erro grave. Deviam ter assumido que a coisa podia ser muito mais dura e tinham ganho as eleições na mesma. Se perguntassem se iam subir impostos, diziam: não acreditamos que o PS não tenha deixado as contas certas..."
(In "Expresso", de hoje)  

TORNADO NO ALGARVE

Esta sexta feira, pouco depois da 1 h e meia da tarde, ocorreu um tornado no Algarve, que atingiu principalmente Silves e Lagoa. Vindo do mar, ouviu-se um barulho aterrador de um fenómeno atmosférico que, em poucos minutos, deslocou e virou automóveis, arrancou árvores e postes da eléctricidade, levantou telhas e arrancou portas, janelas e telhados de edifícios. Até agora, há a registar 13 feridos feridos, dos quais 3 com gravidade, e 12 desalojados.
O estádio do Silves Futebol Clube foi duramente atingido, tendo "voado" a cobertura.
       

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

A AUSTERIDADE DESIGUAL

A desigualdade na distribuição dos sacrifícios pelos portugueses vai alastrando como uma nódoa. Basta atentar nos cortes dos subsídios de férias de Natal que deviam ser para todos e dirigiram-se específicamente a pensionistas (para morrerem mais depressa) e funcionários públicos (os bodes expiatórios da despesa pública), e, mesmo assim, com muitas e variadas excepções, mantidas em segredo.
Soube-se, agora que 1323 nomeados para funções públicas, mais 131 assessores de gabinetes ministeriais, perfazendo 1454 pessoas receberam subsídio de férias em 2012. A informação terá chegado ao Parlamento no dia 16 de Outubro, seguida de correcção com o novo número e com a justificação para o erro, dois dias depois. A notícia é do Diário de Notícias, de hoje.
Pior que o défice financeiro é a desigualdade na distribuição de sacrifícios e a progressiva quebra da solidariedade nacional. Aonde vamos parar ?

Ligação: Quase 1500 'boys' receberam subsídio de férias [Diário de Notícias].

TELECOMANDAR SEM PILHAS

Os investigadores da Universidade de Aveiro Alírio Boaventura e Nuno Borges de Carvalho criaram o primeiro comando de televisão sem pilhas, tendo apenas uma placa de circuitos e quatro botões, que permitem mudar de canal e variar o volume do som.

Ligações: UA cria energia elétrica (quase) a partir do nada [UA online]; UA cria energia elétrica (quase) a partir do nada [blog de formação - Universia]; A eletricidade que vem do céu [Exame Informática].


quinta-feira, 15 de novembro de 2012

CHINA: COMBATE À CORRUPÇÃO É PRORIDADE

Xi Jinping, 59 anos, é o novo secretário-geral do Comité Central do Partido Comunista da China eleito no 18.º congresso do partido e vai ser, a partir de Março 2013, o novo Presidente da República Popular e  substituir Hu Jintao, se a sua nomeação for aprovada pela Assembleia Nacional Popular..
Na sua intervenção após a eleição elegeu o combate à corrupção como prioridade, tendo o partido designado 130 membros, entre os quais o actual vice-primeiro ministro para os Assuntos Económicos, Wang Qishan, para a Comissão Central para a Inspecção da Disciplina, com o escopo de fiscalizar desvios de conduta internos.

Ligações: Xi Jinping elected general secretary of CPC Central Committee [People's Daily Online]; CPC discipline watchdog concludes plenum, vowing intensified anti-corruption [International Department CPC Central Committee of CPC].

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

AS FALHAS DE SEGURANÇA DE PETRAEUS

O director da CIA, general David Petraeus demitiu-se na sequência de mensagens suas do Gmail terem posto a descoberto a sua relação extraconjugal com a sua biógrafa Paula Broadwell. O general, apesar de ser o dirigente máximo da famosa organização de inteligência americana, não soube acautelar devidamente a sua privacidade. "Em casa de ferreiro espeto de pau", diz o ditado. Petraeus usou apenas um pseudónimo no e-mail e esqueceu-se de duas regras que qualquer espião vulgar observa, para que as suas mensagens não sejam vistas por olhos indiscretos: escrever em código e apagar depois de ler.
Foi uma investigação do FBI, que começou quando algumas das mensagens "picantes" de Paula Broadwell, foram parar a destinatária errada, que despoletou o escândalo, conta The Wall Street Journal. A senhora que as recebeu participou ao FBI que, de imediato, iniciou uma investigação por haver indícios de uma quebra de segurança do Estado ou de um crime digital.
 Óbviamente que, se as mensagens estivessem cifradas de forma segura, isso não teria acontecido. Bastava que Patraeus tivesse usado um serviço de encriptação online, como por exemplo, o JumbleMe ou o Sendinc. 

Ligações: FBI Scrutinized on Petraeus [The Wall Street Journal]; The Real Reason Petraeus Resigned [The Western Center for Journalism]; JumbleMeSendinc.

terça-feira, 13 de novembro de 2012

OS NOSSOS AMIGOS ALEMÃES

A chanceler Angela Merkel esteve ontem em entre nós e deixou-nos palavras de circunstância, para nos animar a enfrentar a austeridade e também em relação ao facto de sermos um país de navegadores e de pessoas simpáticas, deixando-nos o compromisso público de vir para cá passar férias, logo que deixe o cargo. 
Mas não nos disse que o seu país faz uma verdadeira fortuna com Portugal, graças ao saldo francamente positivo para a Alemanha das trocas comerciais entre os dois países. A cada dia que passou, entre Janeiro e Agosto, entraram nos cofres do Estado governado por Angela cerca de 1,9 milhões de euros, o que vem demonstrar como Portugal contribui para o enriquecimento da Alemanha. 
Assim, vale mesmo a pena ser amiga de Portugal e dos outros países que, no âmbito da União Europeia, servem para escoar os produtos alemães. Neste caso, o ditado "amigos, amigos, negócios à parte" não é aplicável.
Por isso, vem mesmo a calhar a capa do "Deutsh Inatel Magazine" pelo wehavekaosinthegarden, que gostosamente reproduzimos.

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

ICH BIN EIN BERLINER ?

Não foi autorizada a divulgação, na Praça Sony em Berlim, do vídeo "Ich Bin Ein Berliner", sugerido por Marcelo Rebelo de Sousa. O vídeo apela à solidariedade dos alemães para com os portugueses, lembrando a solidariedade que Portugal teve com a Alemanha, na altura da reunificação, e divulgando a austeridade que os portugueses estão a suportar.

domingo, 11 de novembro de 2012

IN MEMORIAM: FRANCISCO RODRIGUES PORTO

No desempenho das suas funções de construção, conservação, manutenção e remodelação de edifícios, os técnicos da DGEMN tinham o privilégio de conhecer inúmeras entidades públicas e os seus dirigentes.
Muitos recordam-se seguramente de um homem que sempre defendeu os funcionários públicos, a sua dedicação e o seu espírito de missão. Ele, próprio, funcionário publico de carreira ligado à segurança social, e figura prestigiada da Administração Pública, desempenhou altos cargos dirigentes, tendo sido director-geral da ADSE, presidente da Comissão Instaladora do Centro Regional da Segurança Social de Lisboa, administrador delegado do Hospital de Santa Maria e Director-Geral das Contribuições e Impostos. Deste último cargo viria a apresentar o seu pedido de demissão a Eduardo Catroga, em Março de 1994, na sequência da célebre penhora dos balneários do estádio das Antas, por dívidas ao fisco.
Referimo-nos a Francisco Rodrigues Porto, falecido há precisamente dois anos, aos 76 anos, no lar de idosos Almirante em Lisboa e cuja morte passou despercebida a toda a comunicação social. Este silêncio é sobretudo impressionante para uma figura pública que, para além dos altos cargos que exerceu no Estado,  desempenhou altos cargos no PSD*, tendo pertencido ao Conselho Nacional (eleito no XII Congresso da Figueira da Foz, em 1985) e ao Conselho Jurisdicional Nacional (eleito no XIII Congresso de Lisboa, em 1986),
Francisco Rodrigues Porto - cuja assinatura ainda consta de muitos dos nossos cartões de contribuinte e de muitas circulares normativas do Fisco -, foi deputado (1986) e é, ainda, autor do livro "Segurança Social Administração Pública" sobre a evolução e o regime de segurança social dos funcionários públicos.

___________________
(*)Foi dirigente da secção dos Olivais e apoiante indefectível de Cavaco Silva.

sábado, 10 de novembro de 2012

TELEFONEMA DE PASSOS SOB SUSPEITA

A gravação com o telefonema entre o presidente do BES Investimento e o primeiro-ministro foi aceite por Noronha do Nascimento, presidente do Supremo Tribunal de Justiça. 
O banqueiro estava sob escuta numa investigação sobre alegados crimes de colarinho branco e a conversa foi considerada relevante para enquadrar outros indícios recolhidos pelos procuradores do caso.

(In "Expresso" de hoje)

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

SILVA PENEDA DEFENDE RENEGOCIAÇÃO

Em entrevista a Ana Lourenço, José Silva Peneda, presidente do Conselho Económico e Social (CES),  insistiu na necessidade de renegociação do memorando de entendimento com a troika e falou da urgència de uma reforma séria da Administração Pública.

terça-feira, 6 de novembro de 2012

ELÍSIO DEMITIU-SE

A crise é um poderoso catalisador da instabilidade política. A Cultura - desde a sua autonomização por Cavaco, com a nomeação de Santana - sempre teve um equilíbrio político frágil. A falta de verbas, de consenso e de diálogo faz o resto.
Depois do secretário de Estado e escritor Francisco José Viegas, que regressou ao ambiente mais saudável da escrita em detrimento da política, surgiu recentemente Jorge Barreto Xavier, um goês ex-director geral da Secretaria de Estado da Cultura.
O resultado era previsível. Elísio Summavielle, ex-secretário de Estado e ex-superior hierárquico de Barreto, demitiu-se do cargo de Director Geral do Património Cultural, por «razões de ordem pessoal», claro. 

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

O QUE MATOU ARAFAT

Uma equipa de investigadores do Institut Radiophysique de Lausanne visitou Ramallah para preparar a exumação de Yasser Arafat, que está prevista para o próximo dia 26, a fim de conferir a presença de polónio no cadáver.
A morte de Arafat, a 11 de Novembro de 2004, no Hôpital d'Instruction des Armées Percy na região de Paris (Clamart, Hauts de Seine), nunca foi esclarecida e a hipótese de envenenamento foi levantada na sequência de uma investigação da Aljazeera que mandou analisar objectos pessoais no Institut Radiophysique, tendo sido detectada nestes uma quantidade anormal de polónio.

Ligações: Swiss team visits Arafat grave ahead of probe [Aljazeera]; What Killed Arafat? [Aljazeera]; Mort de Yasser Arafat : la justice française ouvre une instruction pour assassinat [Le Monde]; Ce que révèle le compte-rendu d'hospitalisation de Yasser Arafat [Slate].

NÂO AO ATAQUE AO ESTADO SOCIAL

Na sequência do encontro com Passos Coelho, António José Seguro reitera que o PS não aceitará ataque ao Estado Social, nem a revisão da Constituição e, no que diz respeito ao corte de 4 mil milhões, que não faz parte do memorando de entendimento inicial, Seguro endossou a responsabilidade nos cortes para a troika e para o governo que subscreveram este corte à margem do PS e do Parlamento.

PASSOS E SEGURO REÚNEM HOJE

O Primeiro Ministro e o secretário geral do PS reúnem hoje, às 12:00 horas, Entretanto, António José Seguro divulgou há minutos, na sua página do Facebok, a carta de resposta enviada a Passos Coelho.

SALGUEIRO COMENTOU A "REFUNDAÇÃO" E A CRISE

João Salgueiro, em entrevista a António José Teixeira, falou da crise e da refundação do memorando de entendimento da troika, passando pela refundação das funções do Estado, resultante da necessidade de efectuar um corte de de mais 4 mil milhões de euros na despesa pública.
Uma entrevista interessante a um homem conhecedor da economia e das finanças nacionais, que já foi vice-governador do Banco de Portugal, ministro das Finanças, presidente da Caixa Geral de Depósitos e da Associação Portuguesa de Bancos.

domingo, 4 de novembro de 2012

MEDIDAS CONTRA REFORMADOS SÃO INCONSTITUCIONAIS

Participando. este sábado, na Casa da Escrita em Coimbra, na conferência "Democracia e Sistema Político", Manuela Ferreira Leite relembrou a suspensão da democracia, de que falou em tempos, e falou das dificuldades em ultrapassar a crise e, em simultâneo, preservar todos os princípios do regime democrático, afirmando, textualmente, que aquilo que eu na altura disse e que, provavelmente, neste momento é actual, é que em situações de extrema complexidade em que para ultrapassar os problemas complexos não se vê outra solução do que enfrentar ou afrontar determinado tipo de corporações, determinado tipo de interesses, possivelmente isso não é muito possível, na prática, ser feito em democracia.
Manuela disse, ainda, na oportunidade, que medidas de austeridade previstas no OE2013 representam uma ameaça à democracia e defende que as medidas respeitantes aos reformados são inconstitucionais.


Ligação: Conferências Políticas “A Democracia e o Futuro” [C. M. Coimbra].

sábado, 3 de novembro de 2012

CENTRIFUGAR PORTUGAL PARA O TERCEIRO MUNDO ?

João Cravinho, em entrevista a Ana Lourenço, compara o Estado Social (ES) português com o dos outros países europeus, com base em dados do Eurostat, e conclui que o nosso ES está bem abaixo da média europeia. Confira. Cravinho comenta a legitimidade para refundar e alterar o ES e compara a actuação do governo à de quem tem um martelo na mão e considera tudo que lhe desagrada a cabeça de um prego.

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

VAXEVANIS ABSOLVIDO

A justiça grega absolveu, quinta-feira, o jornalista Kostas Vaxevanis que publicou a "Lista Lagarde" os nomes de mais de 2 mil gregos com contas bancárias na Suíça que fugiram ao fisco.

O EXEMPLO QUE VEM DA IRLANDA

O milionário irlandês Sean Quinn, que era o maior accionista do falido Anglo Irish Bank , foi preso sob a acusação de ter desviado mais de 2 mil milhões de euros.

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

INSTALAÇÃO DA TDT SOB SUSPEITA

Sérgio Denicoli, assistente convidado do Departamento de Ciências da Comunicação da Universidade do Minho, defendeu na passada terça-feira uma tese de doutoramento, aprovada por unanimidade, sobre "A implementação da televisão digital terrestre em Portugal".
Na sequência seu trabalho académico, Denicoli escreve no seu blogue que pôde constatar que a TDT portuguesa parece ter sido influenciada pelo que os teóricos chamam de “captura regulatória”. Ou seja, há indícios de que a ANACOM, órgão regulador das comunicações, teria trabalhado de forma a favorecer a Portugal Telecom, que foi muito beneficiada com a implementação do sistema televisivo digital.
A Portugal Telecom reagiu, através de uma nota enviada à Lusa, onde escreve que repudia veementemente todas as acusações de que foi alvo, pondo em causa o seu bom nome e reputação, proferidas pelo senhor Sérgio Denicoli, e que estão relacionadas com a implementação da rede de Televisão Digital Terrestre. São declarações insultuosas, caluniosas, sem qualquer fundamentação e que denotam ignorância e até má-fé por parte de quem as proferiu e promete recorrer ao meios judiciais para repor a verdade e defender os seus direitos.

TERRAMOTO FOI HÁ 257 ANOS

A 1 de Novembro de 1755, a cidade de Lisboa foi destruída por um memorável terramoto. Anteriormente era bem diferente.
Veja como era, neste vídeo de apresentação do projecto "Cidade e Espectáculo: uma visão da Lisboa pré.terramoto", que tem como objectivo recriar, a partir da plataforma de mundos virtuais Second Life, a memória da Lisboa destruída pelo terramoto de 1755.
Este projecto tem como parceiros o Centro de História de Arte e Investigação Artística (CHAIA), da Universidade de Évora, a Beta Technologies, e o King's Visualisation Lab (KVL) do King's College de Londres.

Ligação: Lisbon Pre 1755 Earthquake.

O PREÇO DO ESTADO SOCIAL

Nunca como agora o dinheiro teve tanto poder. O dinheiro comprava o poder, mas não era o poder. Para corroborar, aí temos o dinheiro da troika a limitar-nos a soberania, apesar de muita gente nunca ter concordado com o projecto europeu. Como Paulo Teixeira Pinto.
O ex-secretário de Estado de Cavaco e ex-presidente do BCP falou da situação política actual e da incumbida revisão constitucional que teve.
Afinal, o nosso rendimento não nos permite ter esta Constituição e, se calhar, este sistema político.

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

E QUANDO ACABAREM OS BODES EXPIATÓRIOS ?

Errar é humano. Persistir no erro já não é. Se houvesse dúvidas, sobre a navegação à vista dos  lusos governos de várias cores, em matéria da administração e do emprego público, elas ficariam desfeitas com Hélder Rosalino.
Como se pode falar em funcionários públicos, a mais ou a menos, sem assumir políticamente quais as funções do Estado e, em consequência disso, definir os organismos que as suportam ?
Reformar o Estado em cima do joelho, já vai sendo um paradigma de sucessivos governos, que nos pintam projectos com nomes "programáticos" e pomposos como PRACE, PREMAC etc. que redundam em abortos e, ainda por cima, têm como protagonistas líderes excêntricos. Como um professor doutor, que experimentou os seus modelos para a administração publica em fábricas de salsichas. Não acredita ? O próprio confessou, em público, numa conferência no IHRU.

terça-feira, 30 de outubro de 2012

O ADMIRADOR DE GASPAR

Fernando Ulrich é dos poucos economistas que acredita na bondade do OE2013 e no futuro auspicioso de Passos. Numa conferência em Lisboa, o presidente do BPI disse que o País aguenta mais austeridade e acusou algumas pessoas com responsabilidade política de quererem atirar Portugal para a situação da Grécia.

MATA 1800 MULHERES POR ANO

O diagnóstico precoce do cancro salva vidas. Actualmente, o cancro da mama mata cerca de 1800 mulheres por ano.

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

A (RE)FUNDAÇÃO DE PASSOS

No princípio de Agosto, depois de avaliar quatro centenas de fundações, o Executivo de Passos Coelho pretendia acabar com algumas dezenas em 30 dias*. Pouco mais de cinco dezenas de dias depois, o governo fecha quatro fundações**.
Quanto a fundações, que vão continuar isentas de IMI, ficámos entendidos: a montanha pariu um rato.
Este fim de semana, nas jornadas parlamentares da coligação, Passos anunciou a refundação do memorando de entendimento com a troika.  Será que, quanto a refundações, a montanha voltou a parir outro rato ?

Ligações: *Governo vai extinguir dezenas de fundações; **Governo fecha quatro fundações.

OS TRÊS MILHÔES QUE DOEM

Há cerca de 3 milhões de pobres no nosso País. E o número dos sem abrigo tem vindo a aumentar, sobretudo nas grandes cidades. Vamos abandoná-los para pagar a dívida ?

domingo, 28 de outubro de 2012

PRESO POR DIVULGAR 'LISTA LAGARDE'

O jornalista Kostas Vaxevanis foi detido esta manhã em Atenas e, entretanto libertado, divulgou o próprio através do twitter. Vaxevanis - que tornou pública, em Setembro último a Lista Lagarde - vai apresentar-se segunda-feira em tribunal, sendo acusado de ter infringido a lei sobre divulgação de dados privados.
A senhora Lagarde, então ministra das Finanças de França, entregou, em 2010, ao seu homólogo grego, uma lista confidencial de 2059 milionários gregos, com contas na Suiça, que tinham no total cerca de 1.500 milhões de euros de dívidas ao fisco helénico. A caixa de pandora abriu-se, quando uma investigação do jornalista Kostas Vaxevanis trouxe a público na revista HotDoc os nomes da famigerada lista, cuja divulgação já terá levado ao suicídio dois dos implicados.

Ligações: Twitter Kostas VaxevanisΤο κουτί της ΠανδώραςJournalist Who Leaked “Lagarde List” Arrested [Greek Reporter]; Greek Editor Is Arrested After Publishing a List of Swiss Bank Accounts [The New York Times]; Polícia prende jornalista que denunciou gregos com supostas contas na Suíça [BBC]; A Second Greek Man Has Been Found Dead Since The Emergence Of 'The Lagarde List' [Business Insider]; Veja a LISTA LADARDE [Zougla].

sábado, 27 de outubro de 2012

'CANUDOS' RELÂMPAGO PODEM SER RETIRADOS

As cerca de doze dezenas de licenciaturas conferidas pela Lusófona (incluindo a de Miguel Relvas), com base na creditação de competências profissionais, vão ser reavaliadas, anunciou a Universidade em comunicado, acatando assim uma advertência nesse sentido do Ministério da Educação.
Com efeito, a inspecção feita à Lusófona terá detectado várias irregularidades, uma das quais, de acordo com a edição do Expresso deste fim de semana, diz respeito à licenciatura de Relvas, que tem no respectivo certificado disciplinas só leccionadas quando já não era aluno.

Ligação: Relvas fez três cadeiras que não existiam [Expresso]

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

COMPRA DA EDP SOB INVESTIGAÇÃO

O MP está a investigar indícios de que a empresa chinesa Three Gorges, que concorreu à compra da participação de 21% do Estado na EDP, terá tido acesso às propostas dos outros concorrentes antes do concurso, o que a terá levado a baixar a proposta inicial.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

FMI SUGERE MAIS AUSTERIDADE

O comité executivo do FMI concluiu ontem o processo da 5ª Revisão do Memorando de Entendimento com Portugal e aprovou o pagamento de mais 1,5 mil milhões de euros do empréstimo acordado.
Na sequência da reunião do comité, o director executivo do FMI Nemat Shafik disse, nomeadamente, que as fracas perspectivas externas e o aumento do desemprego aumentaram os riscos de incumprimento dos objectivos do programa. São necessários esforços adicionais, com o apoio dos parceiros da zona euro, para progredir na consolidação orçamental e fomentar o crescimento de longo prazo.

Ligações: IMF Completes Fifth Review Under an EFF Arrangement with Portugal,Approves €1.5 Billion Disbursement [FMI]; Relatórios das Revisões do Memorando de Entendimento com Portugal (Reviews Under the Extended Arrangement): , , , , Novo! [FMI].

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

MINI iPad DISPONÍVEL EM NOVEMBRO

O novo iPad mini foi apresentado no California Theatre, em San Jose e poderá ser adquirido a partir de 2 de Novembro. Tem um écran de 7,9 polegadas com uma resolução de 1024x768, 7,2 milímetros de espessura e pesa metade do iPad normal.
Se quiser dar uma vista de olhos pelo novo tablet da Apple, que pretende retirar quota do mercado ao Kindle Fire da Amazon, corra este vídeo de apresentação. 

Ligações: iPad Mini Specifications [Apple]; iPad Mini: Everything You Need to Know [Gizmodo]; The iPad Mini Seems Crazy Expensive [Gizmodo]; O que traz de novo o iPad de 4ª geração? [Pplware].

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails
                    TEMAS PRINCIPAIS
AUSTERIDADE  -  CONTAS PÚBLICAS  -  CONTRATAÇÃO PÚBLICA  -  CORRUPÇÃO  -  CRISE FINANCEIRA  -  CULTURA  -  DESPORTO  -  DGEMN  -  DIA COMEMORATIVO  -  DIREITOS FUNDAMENTAIS  -  DÍVIDA PÚBLICA  -  EDUCAÇÃO  -  ECONOMIA & FINANÇAS  -  ESTADO DA NAÇÃO  -  ÉTICA  -  HABILITAÇÕES  -  HUMOR  -  JUSTIÇA  -  LEGALIDADE  -  NOMEAÇÕES  -  PATRIMÓNIO IMOBILIÁRIO PÚBLICO  -  PLANO INCLINADO  -  POLÍTICA  -  POLÍTICA CULTURAL  -  PRACE  -  PRINCÍPIO DA MELHORIA INCONTESTÁVEL  -  REABILITAÇÃO  -  TERREIRO DO PAÇO