domingo, 22 de janeiro de 2012

PORTUGUÊS PODE SER EXECUTADO NA CHINA

Um português de etnia chinesa, Lau Fat-wai, de 51 anos, residente em Macau, onde obteve o último passaporte português, em 2003, e Bilhete de Identidade, em 2004, corre o risco de ser executado dentro de dias.
Foi detido em Abril de 2006 na China e acusado de transportar drogas e de contrabandear materiais para fabrico de drogas, tendo sido condenado à morte pelo Tribunal de Guangzhou em 2009. A sentença foi confirmada em segunda instância em setembro de 2011, estando o caso está ainda em apreciação no Supremo Tribunal Popular,  mas se este ratificar a sentença, Lau Fat-wai poderá ser executado dentro de uma semana.
A Amnistia Internacional lançou em todo o mundo uma Ação Urgente para que se apele às autoridades chinesas que não executem Lau Fat-wai e para que lhe seja permitido receber visitas da família, que não vê desde 2006, bem como eventual tratamento médico.


Assine aqui a petição.

Sem comentários:

Publicar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails
                    TEMAS PRINCIPAIS
AUSTERIDADE  -  CONTAS PÚBLICAS  -  CONTRATAÇÃO PÚBLICA  -  CORRUPÇÃO  -  CRISE FINANCEIRA  -  CULTURA  -  DESPORTO  -  DGEMN  -  DIA COMEMORATIVO  -  DIREITOS FUNDAMENTAIS  -  DÍVIDA PÚBLICA  -  EDUCAÇÃO  -  ECONOMIA & FINANÇAS  -  ESTADO DA NAÇÃO  -  ÉTICA  -  HABILITAÇÕES  -  HUMOR  -  JUSTIÇA  -  LEGALIDADE  -  NOMEAÇÕES  -  PATRIMÓNIO IMOBILIÁRIO PÚBLICO  -  PLANO INCLINADO  -  POLÍTICA  -  POLÍTICA CULTURAL  -  PRACE  -  PRINCÍPIO DA MELHORIA INCONTESTÁVEL  -  REABILITAÇÃO  -  TERREIRO DO PAÇO