sexta-feira, 15 de abril de 2011

62 MILHÕES PARA FAVORECIMENTO NA GRÉCIA E EM PORTUGAL

O Ministério Público alemão acusa a Ferrostaal de, através de um ex-administrador e de um ex-intermediário, ter pago, entre 2002 e 2007, 62 milhões de euros a titulares de cargos políticos portugueses e gregos, para ser favorecida na compra de submarinos.
Os presumíveis implicados, cujos nomes não foram revelados, deverão ser levados a tribunal nos próximos meses.

Sem comentários:

Publicar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails
                    TEMAS PRINCIPAIS
AUSTERIDADE  -  CONTAS PÚBLICAS  -  CONTRATAÇÃO PÚBLICA  -  CORRUPÇÃO  -  CRISE FINANCEIRA  -  CULTURA  -  DESPORTO  -  DGEMN  -  DIA COMEMORATIVO  -  DIREITOS FUNDAMENTAIS  -  DÍVIDA PÚBLICA  -  EDUCAÇÃO  -  ECONOMIA & FINANÇAS  -  ESTADO DA NAÇÃO  -  ÉTICA  -  HABILITAÇÕES  -  HUMOR  -  JUSTIÇA  -  LEGALIDADE  -  NOMEAÇÕES  -  PATRIMÓNIO IMOBILIÁRIO PÚBLICO  -  PLANO INCLINADO  -  POLÍTICA  -  POLÍTICA CULTURAL  -  PRACE  -  PRINCÍPIO DA MELHORIA INCONTESTÁVEL  -  REABILITAÇÃO  -  TERREIRO DO PAÇO