domingo, 10 de abril de 2011

AS VOZES DISSONANTES

Rómulo Machado* e Ana Gomes foram vozes dissonantes. Rómulo Machado disse no Congresso aquilo que só os cegos não vêem: Sócrates não tem condições políticas para governar. Em vez da encenação não era melhor o PS apresentar um novo projecto político baseado na nova realidade decorrente da assistência finaceira internacional ? Por muito que se fale em democracia e se diga que quem manda é o povo, actualmente quem manda são os credores que nos emprestam o dinheiro.
Ana Gomes sabe que ignorar a realidade e persistir no erro tem custos políticos elevadíssimos. Por isso, não se esqueceu de erros ao longo da governação socrática, que conduziram o País à difícil situação actual, como o caso BPN...






_____________________
*Rómulo Machado pertence, dentro do PS, à corrente de opinião Esquerda Socialista e é membro da Comissão Nacional do PS (Veja a sua intervenção de 30 de Janeiro).

Sem comentários:

Publicar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails
                    TEMAS PRINCIPAIS
AUSTERIDADE  -  CONTAS PÚBLICAS  -  CONTRATAÇÃO PÚBLICA  -  CORRUPÇÃO  -  CRISE FINANCEIRA  -  CULTURA  -  DESPORTO  -  DGEMN  -  DIA COMEMORATIVO  -  DIREITOS FUNDAMENTAIS  -  DÍVIDA PÚBLICA  -  EDUCAÇÃO  -  ECONOMIA & FINANÇAS  -  ESTADO DA NAÇÃO  -  ÉTICA  -  HABILITAÇÕES  -  HUMOR  -  JUSTIÇA  -  LEGALIDADE  -  NOMEAÇÕES  -  PATRIMÓNIO IMOBILIÁRIO PÚBLICO  -  PLANO INCLINADO  -  POLÍTICA  -  POLÍTICA CULTURAL  -  PRACE  -  PRINCÍPIO DA MELHORIA INCONTESTÁVEL  -  REABILITAÇÃO  -  TERREIRO DO PAÇO