quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

PROCESSO CASA PIA: Silvino diz que foi obrigado a mentir

Em entrevista à revista Focus, de hoje, Carlos Silvino (Bibi) disse que foi obrigado a mentir no processo de pedofilia da Casa Pia e que todos os arguidos são inocentes.
Silvino, que foi condenado a 18 anos de prisão, dispensou mesmo os serviços do seu advogado José Maria Martins.
Na entrevista, Carlos Silvino explica ter sido drogado durante anos para dizer o que não queria e não descarta a possibilidade de avançar com processos em tribunal.
Bibi confessa que mentiu por ter «pena dos rapazes», por terem levado muita porrada» e diz que foi obrigado a assinar o papel das suas declarações, mas não estava em condições, porque tinha muita medicação.
Bibi diz, ainda, na entrevista à Focus, que apenas viu Carlos Cruz uma vez na vida, à porta dos Pastéis de Belém e que todos os arguidos envolvidos no processo estão inocentes.

Entretanto, segundo uma nota oficial, divulgada hoje, a Procuradoria-Geral da República vai analisar as declarações. O procurador-geral da República vai reunir-se com o procurador João Aibéo. De momento, não serão tomadas outras iniciativas.

Sem comentários:

Publicar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails
                    TEMAS PRINCIPAIS
AUSTERIDADE  -  CONTAS PÚBLICAS  -  CONTRATAÇÃO PÚBLICA  -  CORRUPÇÃO  -  CRISE FINANCEIRA  -  CULTURA  -  DESPORTO  -  DGEMN  -  DIA COMEMORATIVO  -  DIREITOS FUNDAMENTAIS  -  DÍVIDA PÚBLICA  -  EDUCAÇÃO  -  ECONOMIA & FINANÇAS  -  ESTADO DA NAÇÃO  -  ÉTICA  -  HABILITAÇÕES  -  HUMOR  -  JUSTIÇA  -  LEGALIDADE  -  NOMEAÇÕES  -  PATRIMÓNIO IMOBILIÁRIO PÚBLICO  -  PLANO INCLINADO  -  POLÍTICA  -  POLÍTICA CULTURAL  -  PRACE  -  PRINCÍPIO DA MELHORIA INCONTESTÁVEL  -  REABILITAÇÃO  -  TERREIRO DO PAÇO